Casanuova Cidadania Italiana

Via Materna (lei de 1948)

Para a Legislação Italiana, se na linha de transmissão houver uma mulher, essa só transmite o direito à cidadania caso o filho(a) tenha nascido depois de 1º de janeiro de 1948, pois, antes dessa data, a Itália era um reino e apenas os homens transmitiam a cidadania. Com a instituição da Constituição da República Italiana as mulheres passaram a ter mesmos direitos que os homens.Apesar de ser uma Lei, em todos os casos foi concedido o direito à cidadania também para filhos de mãe italiana nascidos antes de 1948 por meio de uma demanda judicial na Itália. A Casanuova possui parceria com advogados italianos e oferece toda a assessoria para o reconhecimento da cidadania italiana nesses casos, bem como a preparação dos documentos. A vantagem nesse tipo de caso é que não é necessário que o interessado venha para a Itália, pode esperar a conclusão do processo (de 1 a 2 anos) estando no Brasil ou em qualquer lugar do mundo.